Programação

Conversa sobre arte e psicanálise com Jean-Michel Vivès, Marco Antônio Coutinho Jorge e Tania Rivera

21 de março de 2017 | 15h

Nessa conversa informal e aberta ao público, as relações entre produção artística, psicanálise e saúde mental serão revistas pelos professores e psicanalistas Jean-Michel Vivès e Marco Antônio Coutinho Jorge, a partir das questões levantadas pela exposição Lugares do delírio, que tem curadoria de Tania Rivera.

Jean-Michel Vivès é psicanalista, membro do movimento Insistence - Art, Psychanalyse, Politique e Professor da Université Nice Sophia-Antipolis (França). Autor, entre outros, de La Voix sur le divan. Musique sacrée. Opéra. Techno (Aubier- Flammarion, 2012) e A Voz na Clinica Psicanalitica (Contra Capa, 2012).

Marco Antônio Coutinho Jorge é psicanalista, psiquiatra, diretor do Corpo Freudiano Escola de Psicanálise e Professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Autor de Fundamentos da Psicanálise de Freud a Lacan, vols. 1 e 2 (Jorge Zahar), entre outros.

Tania Rivera é psicanalista, ensaísta e Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF). Autora de O Avesso do Imaginário. Arte Contemporânea e Psicanálise (Cosac & Naify, 2013), Hélio Oiticica e a Arquitetura do Sujeito (EdUFF, 2012) e Arte e Psicanálise (Jorge Zahar, 2002), entre outros.

Local: Escola do Olhar.