E75C2269-25EE-4C44-8649-D842B506E0E2 Created with sketchtool.
A+
40F48D74-0ABB-49BA-A923-C60ABF051698 Created with sketchtool.


Na próxima terça-feira, 26 de novembro, o MAR abre ao público a exposição “Pardo é Papel”, individual do jovem pintor carioca Maxwell Alexandre. O evento de abertura, com entrada GRATUITA, contará com uma performance do artista, com participação dos rappers Bk’ e Baco Exu do Blues!

🔸 Terça-feira, 26 de novembro
10h às 17h – Exposição “Pardo é Papel” (entrada livre)
20h – Performance Maxwell Alexandre – Participação Bk’ e Baco Exu do Blues.

📢 ATENÇÃO: Para assistir a performance é preciso retirar pulseiras na bilheteria do museu, neste fim de semana (dias 22, 23 e 24 de novembro), das 9h30 às 17h. Serão distribuídas 300 pulseiras por dia.

Cada pessoa terá direito a duas pulseiras, mediante apresentação do documento de identificação. As pulseiras garantem acesso até as 19h30 do dia do evento.

Pardo é Papel

Ao produzir autorretratos sobre o papel pardo, Maxwell Alexandre, morador da Rocinha, percebe que estava também diante de um ato político: pintar corpos negros sobre papel pardo. Na obra do artista, estigmas são assumidos e revertidos. A cor da pele negra, confundida com a cor do papel, retorna como condição de resistência, como reação: “pardo é papel”. Congregam-se, assim, arte e cultura, forma e subjetividade.

Ao trazer essa itinerância, um museu como o MAR ratifica os modos, sensações e lugares com os quais nos interessa dialogar: a escola, a diversão, o museu, a laje, a sala familiar, a rua, a igreja. Tudo isso se apresenta nas pinturas de MW. O museu, então, se repensa como signo de distinção, e nele a inclusão passa a ser meta.

Confirme presença no evento!