E75C2269-25EE-4C44-8649-D842B506E0E2 Created with sketchtool.
A+
40F48D74-0ABB-49BA-A923-C60ABF051698 Created with sketchtool.
4DB661F4-66CF-4EB3-963C-E4EBDDB94A68 Created with sketchtool.


Incentivamos o uso de transportes alternativos para a vinda ao MAR, e para isso o Museu está equipado com bicicletário

Ajude a preservar as obras

Não toque nas obras expostas. A pele humana acumula resíduos que podem danificar as obras de arte, caso sejam manipuladas. Portanto, tocá-las não é permitido. Aprecie apenas com os olhos! A manipulação das obras só pode ser realizada pelos profissionais do museu, capacitados para este fim.

No MAR, não é permitido

  • Filmar e/ou fotografar os colaboradores do museu sem prévia autorização.
  • Acessar o museu com bandeiras, estandartes ou outros suportes de quaisquer espécies.
  • Constranger os visitantes e colaboradores.
  • Usar de palavras ofensivas, agressivas ou palavrões.
  • Usar de qualquer equipamento que emita som alto, como mega fones, caixas de som e amplificadores.

O MAR reserva-se o direito de impedir o acesso às suas instalações de pessoas cujo comportamento ponha em risco a segurança e a conservação do edifício, das obras de arte e o bem-estar dos visitantes. Pessoas com menos de 12 anos só podem visitar o museu acompanhadas por responsável maior de idade.

Temperatura baixa no Pavilhão

O MAR possui um sistema de controle de ambiente que mantém baixa as temperaturas, com o objetivo de garantir a preservação das obras no Pavilhão
de Exposições. A sugestão é trazer um agasalho
para apreciar as exposições sem sentir frio.

Roupas para frequentar o Museu

O MAR sugere um agasalho para não sentir frio no Pavilhão, mas não é exigido nenhum traje específico para entrar no local. Fique à vontade para vir com a roupa que achar mais confortável.

Atenção: temos guarda-volumes!

Circular no espaço expositivo portando volumes como bolsas, mochilas e sacolas pode representar risco às obras e desconforto durante a visita. Para evitar acidentes, guarde seus pertences nos guarda-volumes do museu antes de entrar no espaço expositivo. É permitido visitar as exposições com itens cujo tamanho não exceda 35 centímetros. Os guarda-volumes devem ser utilizados também para acondicionar guarda-chuvas, brinquedos, tripés fotográficos e objetos pontiagudos.

Caso tenha esquecido algum pertence em nosso guarda-volumes, procure nossa bilheteria de terça a domingo, de 9h30 às 18h. 

O Museu é lugar de criança! Mas lembre-se dos cuidados

Na visitação é permitido que crianças com até 3 anos levem seus brinquedos, desde que sejam de borracha e de pequenos formatos. Outros tipos devem ser deixados pelos pais no guarda volumes. O museu possui controle de segurança e apenas uma entrada e uma saída. Ainda assim, é importante ficar atento à circulação das crianças nos espaços do MAR. Evite que elas corram e se aproximem bruscamente das obras de arte. Algumas peças expostas são instáveis e sua queda poderá ocasionar acidentes, colocando em risco as próprias crianças. A Escola do Olhar possui áreas abertas nos 3º, 5º e 6º andares, protegidas por guarda-corpos: atenção ao andar com crianças por esses ambientes. A circulação deverá ser orientada pelos seus responsáveis, professores ou pelos educadores do museu.

Aparelhos móveis

O uso de rádios de comunicação e de celulares é permitido apenas nos halls de cada andar e nas áreas externas do museu. A utilização desses aparelhos em modo silencioso também é vedada, para garantir a contemplação das obras e a boa convivência no espaço expositivo.

Registros para a posteridade

O visitante pode fotografar as obras desde que não utilize flash. No entanto, algumas obras e partes do espaço expositivo não poderão ser fotografadas devido a questões internas do museu. Fique atento à sinalização para saber o que pode ser registrado. Filmagens são permitidas apenas com a autorização prévia, por escrito, da Gerência de Comunicação da instituição. Envie sua demanda para comunicacao@museudeartedorio.org.br

Aqui não se fuma

Por determinação da Lei n° 9.294, de 15 de julho de 1996, a restrição ao fumo aplica-se a áreas total ou parcialmente fechadas e aos locais de circulação ou permanência de visitantes e funcionários. Os fumantes devem dirigir-se à rua em frente ao MAR.

Espere sua vez!

Algumas exposições exigem controle do número de visitantes, devido às características das obras e à necessidade de manutenção da temperatura e umidade no interior das salas. Nesses casos, siga as orientações da Segurança e aguarde seu momento de realizar a visita.

Cães-guias são bem-vindos ao MAR!

Não é permitida a entrada de animais no museu. Apenas cães-guias acompanhados de seus donos poderão circular nos espaços da Escola do Olhar e do Pavilhão de Exposições. 

Venha de bicicleta

Incentivamos o uso de transportes alternativos para a vinda ao MAR. E, para isso, o museu está equipado com bicicletário. Por sua vez, skates e patins podem ser armazenados nos guarda-volumes.

Alimente-se nas áreas abertas do MAR

Comidas e bebidas não combinam com obras de arte. A visita ao museu é o momento de alimentar a mente e o espírito. Faça suas refeições antes ou depois de percorrer as exposições, a seu critério. Para isso, o MAR oferece um café na Pracinha Mauá. Os espaços abertos do museu estão também disponíveis para ser utilizados como áreas de lanche. Frascos e garrafas que contenham líquidos devem ser deixados no guarda-volumes, antes de entrar no espaço expositivo. Para seu conforto, o MAR oferece bebedouros com água potável e banheiros no hall de todos os andares do Pavilhão de Exposições e da Escola do Olhar.