E75C2269-25EE-4C44-8649-D842B506E0E2 Created with sketchtool.
PT
A+
40F48D74-0ABB-49BA-A923-C60ABF051698 Created with sketchtool.
4DB661F4-66CF-4EB3-963C-E4EBDDB94A68 Created with sketchtool.


Eu como Você

Dando continuidade ao seu projeto de abrir as portas para jovens artistas que vivem fora do eixo Rio-São Paulo, o Museu de Arte do Rio recebe, a partir de 13 de maio, o Grupo EmpreZa (GE), de Goiás. Eu como Você é uma retrospectiva da trajetória do grupo, que iniciou suas atividades em 2001 para estudos de performance. Desde então, sua composição tem sido flutuante, tendo contado com diversos artistas cujo interesse comum é explorar o corpo como eixo e linguagem da experiência artística.

A exposição é uma retrospectiva do coletivo que há 13 anos tem se dedicado a pensar o corpo, a performance, construções simbólicas e que atualmente conta com dez componentes – Aishá Kanda, Babidu, Helô Sanvoy, João Angelini, Marcela Campos, Paul Setubal, Paulo Veiga Jordão, Rafael Abdala, Rava e Thiago Lemos. A mostra é composta por duas áreas: Eu como Você e Sua Vez. A primeira apresenta a documentação – registros fotográficos e filmagens – de performances que aconteceram ao longo dos treze anos de existência do GE. Essa sala nos ajuda a entender a trajetória do grupo através de uma generosa seleção de seus trabalhos.

O espaço Sua Vez se propõe a realizar uma experiência inovadora no Museu. Durante o tempo da exposição, a sala será ocupada pelos emprezários e emprezárias e por grupos e artistas convidados. O público poderá interagir com os artistas e entender o seu processo de criação, como num ateliê coletivo onde o processo artístico será diariamente construído coletivamente e, portanto, partilhado. Como dá a ver o título da sala, o público é chamado a, como interlocutores e/ou participantes, ter “sua vez” na obra do EmpreZa, bem como em processos ampliados de criação.

A exposição ultrapassará as paredes do Museu e se alastrará pela cidade. Ao longo dos meses de exposição o Grupo EmpreZa irá ocupar uma residência no Rio de Janeiro onde artistas convidados poderão intensificar a troca de experiências e criação de novos trabalhos. Os resultados dessa vivência poderão estar presentes dentro das salas expositivas do MAR ou espalhados em intervenções e ações pela cidade. Com a mesma força que o EmpreZa ocupa as salas do Museu, ele também ocupará a cidade.

Com uma curadoria coletiva entre o MAR e o Grupo EmpreZa – numa conversa estreita entre artistas e instituição –, Eu como Você apresenta um vasto panorama da produção do Grupo EmpreZa e reafirma a potência do MAR como um museu de processos. Com o Grupo EmpreZa, o MAR também estende sua ação a um processo de trocas com o Centro-Oeste.

A exposição é uma retrospectiva do coletivo que há 13 anos tem se dedicado a pensar o corpo, a performance, construções simbólicas e que atualmente conta com dez componentes.